Werbung
LEO

Sie scheinen einen AdBlocker zu verwenden.

Wollen Sie LEO unterstützen?

Dann deaktivieren Sie AdBlock für LEO, spenden Sie oder nutzen Sie LEO Pur!

 
  •  
  • Übersicht

    Land und Leute

    D. PEDRO II, GRAHAM BELL E O TELEFONE

    Betrifft

    D. PEDRO II, GRAHAM BELL E O TELEFONE

    Kommentar
    D. PEDRO II, GRAHAM BELL E O TELEFONE
    O Telefone (tele=distância e fone=falar), foi inventado como todos sabem por Alexander Graham Bell, e foi exposto em maio de 1876 na Exposição Internacional comemorativa ao Centenário da Independência Americana na Filadélfia (EUA).
    Após a vitória na guerra do Paraguai, D. Pedro partiu para uma viagem que incluía uma visita aos Estados Unidos que, em 1876, comemoraria os 100 anos de sua independência com diversos eventos, como a Exposição Centenária, na Filadélfia.
    Enquanto os outros ridicularizavam o invento, Dom Pedro foi visitar a Exposição, ele já havia assistido a uma aula de Graham Bell para surdos-mudos, foi até a mesa onde estavam o professor e seu invento. Dom Pedro II começou a fazer perguntas sobre a novidade, assim ele conseguiu despertar interesse e aceitação para o aparelho.
    Os juízes da exposição (que ao final auferiam prêmios aos vencedores), começaram a se interessar. O Telefone foi examinado. Graham Bell estendeu um fio de um lado a outro da sala, e colocou Dom Pedro na extremidade onde ficava a parte receptora do aparelho e dirigiu-se ao transmissor, após um momento de total silêncio o Imperador do Brasil que tinha o receptor ao ouvido exclamou de repente: Meu Deus, isto fala!
    Ficou fascinado e encomendou alguns aparelhos para poder se comunicar entre as suas residências.
    Na Cidade de Petrópolis (Região Serrana do Rio de Janeiro) existe, um pouco antes de se chegar ao centro da cidade, uma ponte chamada de "Ponte Fones" este nome é em função de Dom Pedro ter mandado instalar ali uma caixa com um aparelho telefônico rudimentar.
    O telefone chega ao Brasil portanto um ano após a exposição da Filadélfia. Bell fabricou o primeiro aparelho especialmente para Pedro II, que o instalou no Palácio Imperial de São Cristóvão, na Quinta da Boa Vista, hoje Museu Nacional, no Rio.
    Em 13 de outubro de 1880, nasce a primeira companhia telefônica do País, a Telephone Company of Brazil. Em 1883, o Rio já tem cinco estações, com mil assinantes. Nessa época, inicia-se a concessão para outros Estados.
    Ao lado, aparelho telefônico que foi instalado no Paço de São Cristóvão (Quinta da Boa Vista), a mando de Dom Pedro II, um dos primeiros aparelhos de telefone do mundo.
    • Liberdade de expressão
    Segundo o historiador José Murilo de Carvalho, em seu D. Pedro II (Companhia das Letras: 2007), nunca o Brasil desfrutou de tanta liberdade de expressão quanto no Segundo Reinado. Até mesmo injúrias ao monarca eram publicadas, não admitindo ele que fossem punidas ou que os jornais que as divulgavam fossem processados ou fechados. Com efeito, no Brasil republicano proíbe-se o anonimato nos órgãos de imprensa, que era aceito no período imperial. Mas, de todo modo, assegura Carvalho, o imperador defendia a liberdade de imprensa por convicção e náo por conveniência.
    O vídeo a seguir é um trecho de um vídeo maior, pertencente aos arquivos da operadora de telefonia AT&T.

    Verfasser CARIOCA (324416) 31 Mär. 18, 14:39
    Kommentar
    Interessant ... diese Geschichte kannte ich noch nicht ...
    #1Verfasser no me bré (700807) 16 Apr. 18, 23:10
     
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  
 
 
 
 
  automatisch zu   umgewandelt